Skip navigation

Pobres levados para longe dos holofotes voltados à Copa. Na Cidade do Cabo, o governo sulafricano os escondeu num acampamento a 45 km do centro, varrendo-os das imediações do Green Point Stadium – hoje área de exclusão delimitada pela Fifa.

Famílias vivem isoladas em pequenos contêineres, numa área cercada por grades, de onde não podem sair à noite.

A mudança começou em 2008, três anos depois do curta-metragem Alive in Joburg (http://www.youtube.com/watch?v=iNReejO7Zu8), de Neill Blomkamp. Alive virou District 9, longa. Impressionantes as semelhanças entre o acampamento em Cape Town e a favela dos aliens nos filmes.

Ou Blomkamp é visionário ou os governantes sulafricanos copiaram a ideia dele.

One Comment

  1. É constrangedor… a seleção brasileira está hospedada e treinando num lugar onde o apartheid ainda existe. Negros só para limpar, arrumar… servir aos brancos.

    Sem contar os milhares de sulafricanos desempregados mendigando cerca de R$ 250 por um trabalho temporário na Copa.

    A realidade foi engolida pelo capital. Vivemos num vácuo de simulações de um mundo que não existe e se torna real.

    Cara, o blog tá massa!

    Abração


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: