Skip navigation

hugo_chavez_es_el_pueblo_2

Os indicadores.

Em quase 15 anos de governo, Hugo Chávez registrou uma queda na pobreza venezuelana de 49% para 27%. Na pobreza extrema, de 21% para 7%. Ao completar seis anos no poder, já havia zerado o analfabetismo. Mais de 1 milhão e meio de venezuelanos aprenderam a ler e escrever.

O desemprego foi reduzido pela metade, o PIB per capita dobrou. As receitas com exportação de petróleo quadruplicaram, e o dinheiro foi investido em programas sociais. Assim, pela primeira vez desde sua independência, a Venezuela passou a dispor de um sistema universal de saúde pública. A partir daí, os índices de mortalidade infantil despencaram, a expectativa de vida subiu.

Essa mesma grana ajudou a criar lojas de alimentos subsidiadas pelo governo, fez a produção agrícola subir 44%. Mais alimentos, preços mais baixos. A ingestão anual de calorias pelo venezuelano aumentou em aproximadamente mil kcal na última década.

Chávez nacionalizou empresas, discursou contra o livre mercado, contra a influência histórica dos Estados Unidos sobre os vizinhos latinos. Capitaneou a frente de governos de esquerda pelo continente – num papel que, historicamente, caberia ao Brasil -, fechou emissoras privadas de TV. E passou a ser odiado pela elite financeira de seu país, a mesma que mantinha, por séculos, a massa em situação de penúria.

Mas El Comandante foi seduzido pelo poder. Colocou-se como único apto a conduzir o Socialismo do Século 20, inibiu a construção de possíveis sucessores. É essa Venezuela, órfã de heróis, que entra hoje em uma nova batalha contra a elite que sempre a parasitou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: