Pular navegação

Monthly Archives: julho 2018

Unconvencional warfare: estratégia norte-americana de explorar vulnerabilidades políticas em dado país, por meio do “desenvolvimento e suporte a movimentos de resistência”, visando atingir objetivos estratégicos. “Tão importante quanto a guerra tradicional”, tal modalidade consiste em, entre outras táticas, “separar o inimigo de sua população”, retratando-o como “efetivamente incapaz” de governá-la. A “arte de refrear o poder” em estágio talvez não vislumbrado por Henry Kissinger.

Hillary Clinton a chamará Smart Power, “o leque de ferramentas à nossa disposição – diplomáticas, econômicas, militares, políticas, legais e culturais” para solução de conflitos que o mundo “não pode resolver sem a América”.

hillary

O harvardiano Joseph Nye introduz o termo nas relações internacionais como “a capacidade de combinar Hard e Soft power em uma estratégia vencedora“. Líbia, Honduras e Brasil são exemplos de vitória.

A Nicarágua de Daniel Ortega motivou a explosão do crack, primeiro nos domínios do Tio Sam, depois pelo planeta.

Os norte-americanos conseguiram se livrar de Sandino em 1934, com a ajuda do aliado Anastacio Somoza, “o nosso filho da puta”. Acabaram expulsos em 79, por um levante que levou o nome de Sandino. Tentaram financiar os contrarrevolucionários, o Congresso vetou. Para levantar grana, a Casa Branca, então, passou a traficar armas para o Irã e cocaína para dentro do próprio território, enquanto o casal Reagan declarava guerra às drogas.

wardrugs

O tráfico, desde sempre financiando os EUA.

O caso só veio à tona em 1988, quando senadores acusaram envolvimento da CIA no tráfico. Dez anos mais tarde, quase explodiu quando o inspetor geral da CIA Frederick Hitz admitiu ao Congresso o envolvimento da agência.

Foi a vez do casal Clinton, como bons bezerros, irem para o sacrifício. O blowjob da estagiária abafa o caso. Smart, Hillary.

2018, mesma Nicarágua, mesmo Ortega. Agora, negociando com chineses um canal transoceânico alternativo ao panamenho, trazendo os russos pra dentro de casa com sua estação de satélite.  A Casa Branca decide pelo sufoco financeiro.

Era da instantaneidade, oposicionistas nicaraguenses posam ao lado de congressistas norte-americanos. Novamente, grana do Tio Sam financiando a revolta, ora via organizações sem fins lucrativos. Grana de onde?

ted cópia.jpg

Anúncios